Ora Então Um Grande Bem Haja ... oprazerdainsolencia@sapo.pt
Terça-feira, 6 de Setembro de 2005
festivais de verão e avante
estive durante este verão largos dias sem tomar banho não necessariamente para poupar água porque só piscinas tenho eu três, todas elas andam com problemas na canalização e perdem muita água, alem disso os bombeiros queriam lá abastecer os helicópteros e eu como é natural não deixei para ajudar a poupar o precioso líquido... estive sem tomar banho porque queria ir aos festivais de verão e para isso tinha de me ambientar à coisa, assim que as carraças começaram as construir diques de cotão e viadutos com as suas próprias fezes no meu antebraço senti que estava pronto para embarcar nesta aventura, infelizmente ao chegar ao festival do sodueste todos os organismos vivos que em mim habitavam fugiram para o cabelo do ben harper deixando a minha pele a cheirar a sanex com extracto de papoilas holandesas ou coisa que o valha...

fui então expulso do festival por estar a impestar o ambiente de borboletas e rosas amarelas que brotavam à minha passagem e fui apenas aceite na festa do avante ou como lhe chamam os habitantes da atalaia, convenção nacional de sósias do che guevara e cerveja do minipreço... entrei apenas porque apanhei à entrada o senhor firmino que trabalha no aterro sanitário e abracei-me a ele até cheirar minimamente mal, não pude ficar a cheirar tão mal quanto desejava porque estive a poucos segundos de ultrapassar o quoficiente de paneleiragem com tal abraço, soube que o limite estava próximo quando às tantas apareceu um senhor da sic a perguntar se queria ser o responsável pela secção de miminhos e carícias do novo programa da estação “esquadrão g”

quem eu vi no avante a curtir o concerto da brigada vitor jara foi o hitler (que é sabido ser metalúrgico no feijó) que me confidenciou amargurado “estes gajos sim sabem criar o medo e a chacina... onde é que eu falhei? onde é que eu falhei?... maldito sejas janita salomé”... foi também visto por lá o tino de rans que foi apanhado quando tentava roubar a máscara do vocalista dos blasted mechanism e defendeu-se afirmando “eu preciso mesmo de tapar a minha cara... eu não sou feio, eu sou “especial””... tino daqui fala um amigo que te quer bem (mais ou menos vá), evita viver... elimina progressivamente os movimentos labiais e posteriormente os mecanismos físicos, depois abandona o nosso sistema solar mas atenção tino... não digas a ninguém... shiu... acredito que se um extraterrestre abordasse o nosso planeta e travasse conhecimento com o tino de rans, regressava convicto de que não existe por cá vida inteligente afinal de contas

no discurso habitual jerónimo de sousa falou bonito “no meu tempo é que era, as moças usavam aqueles corpetes que faziam sobressair os seus seios e chegavam formosas nas carroças lá ao palácio... por outro lado não tomávamos banho e tinhamos muitos problemas ao nivel do almorróidal”... depois apareceu uma bengala que o puxou pelo pescoço para fora do palco

o bloco de esquerda pensou em criar um festival próprio para o partido no qual todos os desenquadrados sociais poderiam entrar de borla ou mediante a entrega de um estupefaciente como donativo à causa partidária... nesse colectivo estão incluídos todos os alcoólicos, seropositivos, toxicodependentes, deficientes físicos e mentais, o tino de rans, as pessoas feias, o tino de rans, o toni vidigal, o manuel vilarinho, os elementos da brigada vitor jara, os elementos da brigada de trânsito da gnr, o nuno markl e todos os praticantes de badminton... se porventura trouxerem consigo um produto fumável ilícito para alem de não serem expulsos como seria tradicional habilitam-se ainda a ganhar um bongo, uma noite de convívio com francisco louçã e fernando rosas com ganzas e vinho tinto de pacote à descrição, um free pass para todas as casas de chuto do país, um álbum dos kussundulola e um piolho

os festivais de verão são os únicos acontecimentos do país onde se vê gente mais mal vestida do que os turistas britânicos no algarve, esta afirmação foi imediatamente desmentida pela comunidade daltónica portuguesa

ora então um grande bem haja


publicado por Insolente às 19:41
link do post | comentar | favorito

25 comentários:
De sandra nunes a 11 de Setembro de 2005 às 17:48
Só posso dizer que a tua insolência é mesmo um prazer...obrigada.
Não visites o meu Blog, vais perder tempo...


De mocho a 10 de Setembro de 2005 às 03:27
Pois claro! Toda a gente percebeu pq é que não tomaste banho...mas deixaram entrar os outros no Festival? Isso é que é estranho. É que isto de estar uma carrada de dias s/ tomar banhinho é só para os mais corajosos. Como? Expulsaram-te???!!! Está mal. Tem a mania que são asseados, é o que é. Então, avante os festivais de Verão.


De so12 a 10 de Setembro de 2005 às 00:59
Meu filho, meu filho...estou a ver que tresmalhaste, tu que salvas o mundo, agora deste nisto? Sais por aí cheio de pulgas a abraçar gente na Festa? Atão naum sabes que a paneleirice do Avante tem bilhetes VIP? E digo mais: essa gente não é alentejana, hã!! Nem o Tino os consegue afastar mesmo cheio de carraços! Ó Insolente, pensava eu que tinhas feito umas tatuagens, uns rastas na tola, uns brincos nas virilhas, essas merdas do leste ( o Jerónimo pensa que ainda importa porras da Rússia e que a Russia ainda é aquela catrefada de paises todos de antes)e que tinhas subido ao palco a dizer a verdade sobre o Thermoman e o Matrix, de onde veio a máquina, no fim dás nisto?? Aos abraços amaricados a um sanitário?? Num festival daqueles? Seja ele qual fôr? Oh Insolente, mas o que foi feito de ti?? E vai lá ao meu tasco praguejar, beber e não pagar que logo vês...já tenho talhadas de melância a 300 euros, inovação do sudoeste, hã? Volta, volta lá...fariseu! :)))*** partes-me a moca a rir!Bem hajas, bem hajas, bem hajas!


De pluma(princesavirtual) a 9 de Setembro de 2005 às 22:33
Olá insolente,

Venho desde já agradecer-te as tuas visitas ao meu blog. Depois do teu tão…tão singelo comentário sobre a minha ganância/egoísmo e a forma tão «sui generis» como tu partilhas o que de mais liquido …ups queria dizer intimo há em ti com os teus amigos. Não poderia deixar de ver (ler) ao vivo e a cores a insolência. ;)
Que posso dizer… deste post que li confesso que fiquei mal disposta…das gargalhadas que dei :)
Gostei da tua insolência, muito inteligente, bem humorada…
(se bem que continuo sem perceber a alegria daquela partilha que comentas-te no meu blog)

Recebe um beijo (recatado como convém) da princesa


De SereiaPerdida a 9 de Setembro de 2005 às 21:55
Estou a ver q a tua imaginação continua a trabalhar. E da melhor forma :D BJinhx


De Adryka a 9 de Setembro de 2005 às 20:09
Mas que passado que tu és fico banzada com a tua imaginação embora confesse que n/ gostei da sena das carraças "yak", deves bem passado. Fazes falta por cá beijokas


De diluida a 9 de Setembro de 2005 às 18:58
o melhor festival é mesmo o de vilar mouros: o moskito do rio deixa marcas inconfundiveis e aquele vinhasco da região é do melhor _ não deixa ressaca como a cerveja. Cheiros caracteristicos dos festivais? Então? kéixo? Isso é a unica condição! Sem esses cheirinhos não era festival (penso eu de que)


De xanapinto a 9 de Setembro de 2005 às 00:50
lllllllllooooooooolllllllllllll....


De Phunkie Star a 8 de Setembro de 2005 às 22:58
Os nossos festivais de Verão são, sem dúvida alguma, únicos! E melhor que o cheiro característico desses festivais, é o cheiro de uma essencia bastante particular (?) na ETAR de Chelas... O problema é que eu tenho a mania de andar com os vidros do carro abertos... Experimenta às 15h da tarde num dia quente e solarengo passar por lá!! Ahhhhh, até já lhe sinto o cheirinho! :P


De Anbal a 8 de Setembro de 2005 às 01:37
É sempre bom passar por aqui.Tens o dom de nos fazer sorrir de orelha a orelha.Um abraço.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

Estou de volta... noutro ...

FIM

o oceano índico tem a man...

terminou o caso mateus, a...

luta de boxers

o tuga é algo otário

jorge coroado, mestre da ...

mundial da prostituição

as crianças e os mosquito...

o código da mariquice

arquivos

Setembro 2007

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

links
blogs SAPO
subscrever feeds