Ora Então Um Grande Bem Haja ... oprazerdainsolencia@sapo.pt
Segunda-feira, 21 de Novembro de 2005
as mulheres caminham no sentido do suicídio colectivo
o prazer da insolência orgulha-se de apresentar a primeira teoria mais ou menos séria sobre relacionamentos e sociologia humana e que vem provar que as mulheres caminham no sentido do suicídio colectivo... vamos a isso

com a treta da igualdade de direitos entre os sexos, alguns comportamentos até agora tidos como certos por parte de cada um dos géneros são postos em causa, passo a explicar; se por um lado a mulher tem historicamente obrigações ao nível da cozinha, arrumação em vários quadrantes nomeadamente, aspiração, limpar o pó, lavar a loiça, lavar a roupa, passar a ferro, arrumar a roupa e ainda o tratamento dos miudos e do sexo oral com gosto (no fundo tarefas simples que não exercitam devidamente o intelecto); o homem tem por seu lado a obrigação cultural de tomar a iniciativa de se levantar a meio da noite se forem ouvidos ruídos anómalos durante o sono, até aqui estamos de acordo certo?... ora como essa iniciativa raramente é tomada pelo marido, a mulher (que geralmente acorda primeiro sempre que o vento abana as persianas) encontra-se numa posição privilegiada para acordar o cônjugue e chamá-lo à atenção para o fenómeno, isto porquê? porque a fêmea tem como suporte o facto de ter lavado a loiça, passado a ferro, feito o jantar, alimentado os putos e engolido o esperma... desta forma por muito que sejam elas que se afligem estupidamente a meio da noite com o esvoaçar de um pardalito, nunca se levantam para averiguar seja o que for deixando esse procedimento para o seu marido que é obrigado a assumir essa responsabilidade por muito que estivesse num sono profundo a sonhar com imperias de borla e strippers

pois bem, com esta treta da igualdade de direitos muitos homens passam (por imposição feminina) a efectuar as tarefas tradicionalmente destinadas às mulheres, tudo bem, acontece que agora as tarefas atribuídas naturalmente aos homens passam também elas a ser avaliadas sob uma prespeciva matrimonial mais do que sob a prespectiva unicamente masculina, desse modo quando a meio da noite a mulher acordar sobressaltada com o som de um caranguejo no paraguai, perde segundo esta nova visão matrimonial, pertença sobre o direito de acordar o cônjugue sendo agora obrigada a própria fêmea a levantar-se e averiguar ela mesma os ruídos estranhos... acontece que esses sons anómalos podem efectivamente estar relacionados com manobras perigosas, tais como assaltos ou passos da simara e tendo à partida a mulher um raciocínio menos dotado de rapidez e menos preparação para situações de choque físico do que o cônjugue, desenvolve então mais probabilidades de sair ferida desse combate e pode com facilidade morrer... se por outro lado um homem tratasse da situação como seria lógico, ninguém morria e não viam o plasma e o dvd serem levados para longe numa carrinha preta

agora que o marido lava a loiça e alimenta os putos (mesmo que confunda com frequência a cerelac e o pedigree pal), a mulher perde a condição de o acordar para tratar dos ladrões maus pelo que assim morre... como pode a leitora ver a igualdade de direitos não beneficia as mulheres muito pelo contrário... tendo em conta que a treta da igualdade de direitos é uma situação despoletada pelo sexo feminino, é então o próprio sexo feminino que potencia situações de perigo a si próprio. no fundo, e em jeito de análise final, alterando o panorama matrimonial no sentido de uma divisão maior de tarefas, as mulheres terão de enfrentar não só assassinos perigosos mas também tornados, avalanchas, a claque do vitória de guimarães e solhas famintas, morrerão então de modo a proteger a sua igualdade... é assim possível afirmar que as mulheres caminham no sentido do suicídio colectivo e consigo provar claramente que o actual sistema de desigualdades é na realidade uma questão de justiça social que protege as mulheres

homens, por favor apoiem-me nesta merda se realmente preferem a super bock e o gabriel alves ao sonasol amoniacal e à neoblanc...

ora então um grande bem haja


publicado por Insolente às 18:21
link do post | comentar | favorito

39 comentários:
De pluma(princesavirtual) a 23 de Novembro de 2005 às 10:41
Bom carissimo Insolente, hoje eu também vou fazer uma análise socio-qualquer-coisa ao teu post!!! Vejamos se bem o entendi o carissimo Insolente pretende ter uma empregada doméstica e alguém que lhe preste serviços de servicia de carácter sexual (eg sexo oral) e sempre com um sorriso na cara (de bom grado). Tudo tem o seu preço. E a aqui o preço é uma cotovelada a meio da noite (da mulher que tem que estar atenta) para o carissimo se levantar e ir caçar «gambuzinos» (e isto se não estiver muito cansado). Sim senhor... muito interessante esse seu apelo!!!!
O meu comentário ao seu «post» é o seguinte:

«OS SONHOS COMANDAM A VIDA (mas as mulheres comandam mais-adaptação da princesa)» ou «SONHAR FAZ BEM À SAUDE (mas tudo o que é demais faz mal- adaptação da Princesa) » OU «FIA-TE NA VIRGEM E NÃO CORRAS (atrás do sonazol amoniacal, pano do pó, esfregona do chão, skip,...- adaptação da Princesa :)

Um beijo (recatado) da Princesa (Só tu ahahahaha) ;)



De xanapinto a 22 de Novembro de 2005 às 23:11
LLLLLLLOOOOOOOLLLLLLLLLLL...ta LINDO..ate dei 1 bela mijadela pelas pernas abaixo de tanto rir;)


De Danone a 22 de Novembro de 2005 às 17:14
lol....és demais lol eheheh :P ..eu sou a favor pela igualdade...assim no autocarro n tenho de dar lugar a ninguem ehehehe :p lol


De elise a 22 de Novembro de 2005 às 17:12
ehhehehh... seu masculinocêntrico. :p


De Alina Duarte a 22 de Novembro de 2005 às 10:45
Eu nem estou a acreditar neste texto que exalta o mascismo na sua maior radicalidade e fundamentalismo.
Será que tenho de te lembrar de que no início da história do planeta terra, as sociedades eram matriarcais e os homens so serviam para o sexo e para carregarem pesos pesados. É de lembrar ainda que foram os homens que não nos conseguiam vencer e tiveram de inventar uma emoção que se chama medo e foi a única maneira de substituirem as sociedades matriarcais pelas patriarcais. E foram os homens que inventaram o ser mais estúpido que existe que é o diabo para conseguirem se elevar e serem aquilo que já não são hoje.
Quanto á inteligencia, é de relevar que as media do quoficiente de inteligencia da mulher é bem superior à do homem.
Já nem falemos na força, visto que hoje em dia cada vez há mais mulheres a praticarem desportos considerados masculinos com igual ou superior qualidade.
O mascismo existe pelo complexo de inferioridade existente na cabecita pouco pensador dos machos.
Um bem haja para ti tb


De Natalie a 21 de Novembro de 2005 às 22:58
Igualdade nos direitos SIM!!
Mas somos diferentes e que bom que é!!
Tsssssss.......

Ora um bem haja par ti
e beijinhos!!


De diluida a 21 de Novembro de 2005 às 21:30
eu não quero igualdades, não tenho vontade de mudar pneus e de sintonizar dvds... haja diferenças!!!


De Cai a 21 de Novembro de 2005 às 18:56
Eu até concordo e apoio essa cena da igualdade de direitos e deveres. O meu companheiro (reparai, gentes, que eu não disse "o meu mais que tudo", provando, assim, que concordo mesmo!) até ajuda a lavar a loiça... do jantar que fiz eu. E quanto às questões "orais", pois é mesmo bom que a igualdade se verifique - ora agora tu, ora agora eu, senão que monotonia... E, desculpa lá, Insolente, mas eu já me levantei a meio da noite muitas vezes, até porque vivi sozinha largo tempo e até já dei umas catrefadas a uns ladrões! eh eh eh! minhauuuFFFFF


De lambeconas a 21 de Dezembro de 2006 às 22:56
É um idiota profundo


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

Estou de volta... noutro ...

FIM

o oceano índico tem a man...

terminou o caso mateus, a...

luta de boxers

o tuga é algo otário

jorge coroado, mestre da ...

mundial da prostituição

as crianças e os mosquito...

o código da mariquice

arquivos

Setembro 2007

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

links
blogs SAPO
subscrever feeds