Ora Então Um Grande Bem Haja ... oprazerdainsolencia@sapo.pt
Segunda-feira, 6 de Dezembro de 2004
Insolente e a criação (BOMBA)
tudo aquilo que tu tens como garantido relativamente á criação do universo em geral, do mundo em particular e de todas as coisas que existem e que estão para existir ... está espalhafatosamente errado.

decorem este nome pois ele acompanhar-vos-á ao longo não só do post mas tambem do blog...RAMIRO
É Ramiro o criador...deus é uma criação de Ramiro que lança poeira sobre os olhos dos desatentos (Ramiro nao queria protagonismo)... cabe-me a mim a tarefa de vos iluminar nesta matéria...

Ramiro nao é nada daquilo que possas esperar, não faz parte da raça humana...Ramiro criou a raça humana...tudo o que conseguirem imaginar foi directa ou indirectamente obra de Ramiro (a imaginação em si é obra de Ramiro)...as leis da física, a dimensão espaço/tempo, o universo, os balões de água, a manteiga de alho, aqueles robes que se metem quando uma pessoa sai do banho (eu não meto mas pronto... quem gosta de mariquices mete...mas sao fofinhos e uma pessoa fica logo quentinha e no inverno sabe bem...nao sei digo eu)

Ramiro está desgastado e cansado (já á que tempos diga-se) e tem súbditos que dão a cara por ele no reino que é o nosso...deus, buda, ala, jose mourinho...sao criaçoes de Ramiro que encarnam uma pequena parte da perfeição de Ramiro e que ao longo dos milénios nos têm ajudado a encarar as dificuldades

tudo começou quando nada existia (Ramiro inventou o nada)...nem o espaço físico existia...Ramiro não existia pois foi ele que se criou a ele próprio antes mesmo de existir nada...Ramiro criou-se e ao nada respectivamente para preencher esse nada com tudo aquilo que viria a criar...

entao criou um canalizador e um carpinteiro e como estes andavam tristes, Ramiro do alto da sua inspiração criou um pai que lhes dava prendas as vezes (prendas ou oferendas são uma criação de Ramiro)...que bonito...acabaram por ficar mimados com tantas prendas então Ramiro pensou...”vamos antes fazer isto apenas uma vez por ano” (Ramiro entretanto ja tinha criado os anos) e surge o natal, sendo o senhor das prendas...o pai natal...uma das obras de Ramiro

Ramiro é instável e inconstante e as vezes também anda mal dispostinho (Ramiro criou a má disposição e mais tarde o alka-setzer e a aspirina)...e é natural que aquilo que vemos quando saímos á rua nao seja perfeito...Ramiro em dias negros para quem dele depende (todos nós como é claro a expressão “como é claro” é obra de Ramiro) fez coisas maldosas com as quais temos de lidar...fome, guerra, areias movediças, passagens de nivel sem guarda, furacões tão fortes que conseguem levantar do chão o próprio manuel serrão, pastilhas com sabor a canela, o argel...tudo o que não deveria existir foi obra de um Ramiro muito mal dispostinho

nao se sabe a idade de Ramiro porque foi ele que inventou a idade...e desmistifique-se desde já teorias como o big bang ou a criação em 6 dias da terra por parte de deus...o universo é obra de Ramiro e essas teorias são areia prós olhos dos plebeus que somos todos nós

por amor de Ramiro ... acreditem no que vos digo

Ora então um grande bem haja


publicado por Insolente às 18:06
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

Estou de volta... noutro ...

FIM

o oceano índico tem a man...

terminou o caso mateus, a...

luta de boxers

o tuga é algo otário

jorge coroado, mestre da ...

mundial da prostituição

as crianças e os mosquito...

o código da mariquice

arquivos

Setembro 2007

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

links
blogs SAPO
subscrever feeds